Pesquisar

“Piquenicão” na Horta Pedagógica anuncia abertura de inscrições para talhões inclusivos

Dsc 1002 1 690 2000
02 Julho 2016

Pessoas com mobilidade reduzida vão poder cultivar na Horta Pedagógica de Guimarães. Inscrições abrem esta semana. “Casa dos Insetos” foi também apresentada este sábado.

A Câmara Municipal de Guimarães abre as inscrições esta segunda-feira, 04 de julho, para cidadãos com mobilidade condicionada poderem ter acesso ao cultivo de talhões inclusivos na Horta Pedagógica de Guimarães. Com um total de 10 hectares de terreno no coração da cidade, este espaço privilegiado de lazer e convívio com a natureza passa a dispor de três talhões adaptados a pessoas com mobilidade reduzida, que estarão isentas do pagamento da taxa anual de utilização.

O anúncio foi feito este sábado durante a realização de um “Piquenicão” com utentes da Horta Pedagógica no dia em que foi apresentada a “Casa dos Insetos” e divulgados os resultados do 7º Concurso de Espantalhos da Horta Pedagógica e do 3º Concurso do Melhor Talhão. «Estas modalidades de inclusão e este tipo de ações são fundamentais! É importante que sejam replicadas em mais parques e outras zonas de lazer e de cultivo de produtos», referiu Amadeu Portilha, Vice-Presidente do Município.

Durante este sábado, foram apresentadas duas casas para insetos, com o objetivo de promover a biodiversidade na Horta, servindo de abrigo para espécies de polinização (abelhas, vespas, borboletas, outros) e para predadores, contribuindo na luta contra algumas pragas (joaninhas, crisopas, tesourinhas, entre outros), na promoção de uma agricultura mais saudável, evitando-se o uso de produtos fitofarmacêuticos.

A realização do Piquenicão teve como principal objetivo proporcionar um convívio aos utilizadores da Horta Pedagógica, confecionando no local um caldo verde e uma sardinhada para o almoço dos participantes. A refeição foi acompanhada por um momento de descontração e divertimento com a presença dos “ABSONS”, grupo de música tradicional portuguesa do Agrupamento de Escolas de Abação.

Cerimónia de entrega de prémios
O início da tarde serviu igualmente para se proceder à divulgação dos resultados e entrega de prémios relativos à sétima edição do Concurso de Espantalhos, que contou este ano com 23 exemplares, sendo premiados três vencedores na categoria de “Utilizadores da Horta” e um vencedor na categoria “Instituições” (escolas, lares e associações). Na terceira edição do Concurso do Melhor Talhão, foram premiados três vencedores.

Os 23 exemplares de espantalhos, 13 elaborados por utilizadores da Horta e 10 por instituições, foram avaliados por um júri composto pelo Diretor do Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente, Miguel Frazão, pelo Chefe de Divisão de Ambiente, Jorge Fernandes, e pelo Diretor do Centro Comercial GuimarãeShopping, Miguel Castro. Na cerimónia, foi efetuada a respetiva entrega de prémios e de certificados a todos os participantes.

Subscrever newsletter