Pesquisar

Guimarães presidiu ao Conselho Geral na Rede de Municípios para a Adaptação Local às Alterações Climáticas

Unknown 1 690 2000
16 Abril 2018

Programa de ação para o quadriénio 2018-2021 foi aprovado por unanimidade entre os 32 Municípios de Portugal Continental, Açores e Madeira.

A Rede de Municípios para a Adaptação Local às Alterações Climáticas (‘adapt.local’) - que engloba 32 Municípios de Portugal Continental, Açores e Madeira, para além de outras 11 entidades de cariz público e privado diretamente ligadas a esta temática - realizou na passada sexta-feira, no Funchal, a reunião do seu terceiro Conselho Geral.

Este encontro, presidido pela Câmara Municipal anfitriã e pela Câmara Municipal de Guimarães, debateu e aprovou, por unanimidade, o programa de ação para o quadriénio 2018-2021. Neste, constam como linhas estratégicas fundamentais o envolvimento da Rede na dinamização da adaptação local às alterações climáticas em Portugal; o reforço da notoriedade e do reconhecimento do valor acrescentado da Rede para o desenvolvimento territorial do País; e, o compromisso da Rede na promoção da capacitação técnica, da sensibilização junto das comunidades e da comunicação institucional como pilares-chave na consolidação da adaptação a nível local.

Complementarmente, foi anunciada a realização, ainda este ano a 16 de novembro, do segundo seminário anual ‘adapt.local’, a ter lugar na Figueira da Foz e ao qual precederá, no dia anterior, a quarta reunião do Conselho Geral, desta vez a realizar em Ílhavo.

Neste encontro ficou igualmente definida a participação da Rede ‘adapt.local’ na quarta edição da conferência European Climate Change Adaptation (ECCA 2019), a qual decorrerá em Lisboa, de 28 a 30 de maio de 2019, e a propósito da qual serão incentivados os eleitos e os técnicos autárquicos a participar, bem como terá oportunidade a Rede de divulgar o seu trabalho e dos seus membros associados.

Subscrever newsletter